De 2016 para 2017, brasileiros passaram a rejeitar ainda mais o aborto


Uma nova pesquisa de opinião divulgada nessa semana reforça a constatação já bastante conhecida de que os brasileiros rechaçam o aborto com intensidade. O estudo publicado pela empresa Ipsos – e divulgada em releases à imprensa com viés pró-aborto, quase lamentando o resultado – mostra que apenas 13% dos brasileiros apoiam o aborto quando a mulher assim desejar. O resultado coloca o Brasil como o segundo país com maior rejeição à prática, atrás apenas do Peru, uma nação ainda mais pró-vida do que a nossa.

Outra boa notícia trazida pela nota da Ipsos é o fato de que o resultado desse ano inverteu a tendência dos últimos dois anos, quando foi constatado um pequeno aumento de 3% no apoio dos brasileiros ao aborto. Em 2016, a mesma empresa registrou um apoio de 16% dos entrevistados. Agora esse número voltou ao patamar de 13%.

O levantamento foi realizado entre 20 de janeiro e 03 de fevereiro. Foram entrevistadas 17.551 pessoas provenientes da África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Hungria, Índia, Itália, Japão, México, Peru, Polônia, Rússia, Servia, Suécia e Turquia. A margem de erro é de 3,5%.

*****

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square